EMPODERAMENTO MATERNO

Publicado em 28/06/2016 por Carol Rodrigues

Quando dizemos para uma gestante que o parto é dela e que é preciso se empoderar para parir, estamos levando em conta o engessamento da realidade obstétrica brasileira, da puericultura, das instituições hospitalares (públicas e privadas) e também a urgente necessidade de ressignificação do parto, do nascimento, do feminino, da fisiologia e da nossa capacidade de parir.

“Nós mulheres sabemos parir. Nós mulheres gostamos de parir.” Naoli Vinaver

Mas não basta querer o parto. Não aqui no Brasil. É preciso se informar, estudar, aprender, participar de grupos de apoio presenciais e virtuais para conseguir distinguir as equipes que trabalham dentro da Humanização, praticando Medicina Baseada em Evidências Científicas, numa relação mais horizontal com a gestante e os profissionais que ainda insistem nas práticas da obsoleta obstetrícia, centradas na figura do médico.

Seja bem vind@ ao AmorContinuum, aqui você sempre encontrará indicações de livros, filmes e vídeos, evidências científicas e links de referência com os autores mais atualizados na Assistência Humanizada ao Nascimento, no mundo todo.

Espero que este espaço ajude você a trilhar o seu processo de empoderamento para GESTAR com AMOR, PARIR com RESPEITO, AMAMENTAR com VÍNCULO e MATERNAR com CONSCIÊNCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *